Estamos em guerra!


Estamos em guerra contra o pecado que está a nossa espreita, em guerra contra nosso feroz inimigo que nos rodeia como um leão preparado para atacar ao menor deslize. Somos soldados de Cristo e não devemos nos embaraçar com as coisas desta vida, a fim de agradar aquele que nos alistou para a guerra. Somos homens sem lar, pois nosso lar não é neste mundo. Como peregrinos nos caminhamos em uma Terra desolada pelo pecado, escrava da cobiça, sedenta pela morte. Mas nós somos homens de Cristo, e mesmo em meio aos desafios desta vida temos que levar a salvação para este Mundo. Levar a Jesus Cristo, o caminho, a verdade e a vida. Ele é o motivo pelo qual batalhamos. Ele é o motivo pelo qual muitas almas morrem diariamente, ao se recusarem a nega-lo. Ele é a razão da nossa existência, e nossa missão é proclama-lo as nações.
Que venhamos dar as nossas vidas, se preciso for, por esta causa; a causa de Cristo. Que Deus nos conceda força para isso.

Se conhecemos a verdade, ela é um cinto na armadura. Se temos justiça, devemos usá-las como uma couraça. Se estimamos o evangelho da paz, ele se torna o calçado de um soldado. Se apreciamos descansar nas promessas de Deus, está fé deve ser colocada em nosso braço esquerdo, como um escudo contra as flechas inflamadas. Se nos deleitamos em nossa salvaçãodevemos usá-la seguramente em nossa cabeça, como um capacete. Se amamos a palavra de Deus, mais doce que o mel, devemos fazer da doçura uma espada. Na realidade, cada bênção "civil" na vida cristã é convocada para a guerra. Não há parte guerreira e não guerreira: a vida é uma guerra.

John Piper

COMPARTILHAR
Anterior
Proxima
Marcelo
30 de janeiro de 2017 13:56

John Piper deu uma nova vida ao antigo e conhecido texto de Efésios 6;show!

Resposta
avatar