Porque eu escuto música secular.


Como amante da música, especificamente do Rock, uma das coisas que não faço é ouvir apenas músicas ditas "cristãs". A primeira coisa que meus pais me ensinaram quando se converteram foi exatamente isso: "Você não irá mais cantar músicas que não são da igreja". Eu tinha 11 anos, cantava uma música do Raul Seixas no momento em que me disseram isso. Fiquei sem entender o motivo da proibição, mas obedeci.
E cresci com esse pensamento de que música secular não deve ser ouvida, que cristão genuíno não escuta essas coisas, e blá blá blá. Até que cai de cabeça na leitura da bíblia e de artigos de pessoas que viviam fora da "bolha evangélica", que querem te prender desde a infância. Lendo a Bíblia, vi que Cristo se relacionava demais com o "mundo secular", vivia rodeado de pecadores, comia com eles, se relacionava com eles, mas não se contaminava, manteve se santo. Li também que todas as coisas foram criadas por Deus, e que as coisas não são impuras por si só. E o pior, as mesmas pessoas que diziam que música secular era pecado, eram as mesmas que assistiam filmes seculares, novelas, e tudo que há de secular nessa vida, contraditório né? Sem falar das inúmeras músicas seculares que são mais cristãs que a maioria das músicas gospel da nossa época. Fala sério! Impossível ouvir Guns n Roses, AC/DC, Iron Maiden, Angra, Megadeth e não curtir o som dos caras. É tão bom, que tenho a plena certeza que foi o próprio Deus quem criou. Ouvir apenas musica "cristã", não faz de você um cristão melhor, suas atitudes fazem. Deus não se agrada mais de você, que só ouve e assiste coisas "cristãs", do que de mim, que não faz apenas isso.
Que Deus abençoe vocês.

Kelvin Teixeira.


COMPARTILHAR
Anterior
Proxima